SENNA...


SENNA

Allan Garrido


Parece que foi ontem
O anjo da velocidade
Passou rápido e se foi
Nos deixou carregado
De imensa saudade
Como ficaria aquelas
Manhãs de domingo
Que acordávamos sorrindo
Agora tudo se acabou
A curva triste o levou
E nos deixou sem o herói
Que tanto carregou
A bandeira brasileira
Nas quedas levantava
E sacudia a poeira
Mostranda a garra
Que todo brasileio tem
A vontade de vencer
Apesar de todos
Os prognósticos
Senna nosso filho pródigo
Que ao pai retornou
Obrigado por tua lição
De humildade e esforço
Mostrou ao povo como se luta
No dia de trabalho
Perdemos um herói
Mas ganhamos um mito
Que esta agora
No universo e no infinito

Comentários