Brancas Nuvens

Poeta Allan Garrido

As brancas nuvens beijam o vento
E o sol em plena felicidade
Ilumina o dia cinza e o tempo
Sem espaço para a saudade

A criança corre contente
Soltando pipa no ar
A moça suspira sorridente
Embalada no verbo de amar

O senhor tece poesia
Vendo a musa desfilar
Coloca palavras como queria
No seu poema pra homenagear

Cai a noite enluarada
Todos reunidos pra conversar
Esvaziando a mente deixando sem nada
Temos muito para falar

A música envolve os corações
Aquecidos pela melodia
No rádio belas canções
Orquestrada sinfonia

E assim valsando vai a o dia
Findando por completo
O sol passa ser o guia
Importante é ter você por perto

Comentários